Noticias

Comitê de Política Monetária eleva a taxa Selic para 3,50% a.a
 Considerando o cenário básico, o balanço de riscos e o amplo conjunto de informações disponíveis, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu, por unanimidade, elevar a taxa básica de juros em 0,75 ponto percentual, para 3,50% a.a. O aumento foi o segundo consecutivo. Na reunião de março, quando elevou a taxa a 2,75%, o comitê já havia sinalizado que faria um novo aumento no encontro seguinte. A última decisão surpreendeu economistas, que previam ajuste menor na taxa, para 2,5%.

O Comitê entende que essa decisão reflete seu cenário básico e um balanço de riscos de variância maior do que a usual para a inflação prospectiva e é compatível com a convergência da inflação para a meta no horizonte relevante, que inclui o ano-calendário de 2022. Sem prejuízo de seu objetivo fundamental de estabilização de preços, essa decisão também implica na suavização das flutuações do nível de atividade econômica e fomento do pleno emprego.

Para o Copom, o cenário básico indica ser apropriada uma normalização parcial da taxa de juros, com a manutenção de algum estímulo monetário ao longo do processo de recuperação econômica. O comitê enfatiza, entretanto, que não há compromisso com essa posição e que os passos futuros da política monetária poderão ser ajustados para assegurar o cumprimento da meta de inflação.

Para a próxima reunião, o Comitê antevê a continuação do processo de normalização parcial do estímulo monetário com outro ajuste da mesma magnitude. O Copom ressalta que essa visão continuará dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação.


Fonte: Banco Central
Telefone:
(54)3233.1187
Email:
confidenza@confidenza.com.br
Adicionar a favoritos
Confidenza Contabilidade - Todos os direitos reservados- Copiright 2011
desenvolvido por: