Noticias

PIX: Novas funcionalidades estão previstas para esse ano.
 O Banco Central divulgou  as novidades que foram incorporadas na agenda de desenvolvimento prevista para este ano, além das funcionalidades que já haviam sido anunciadas em fevereiro para o PIX.

Uma delas é o QR Code do Pagador, opção que irá viabilizar a realização de um Pix mesmo quando o pagador estiver off-line.  Isto permitirá ao usuário realizar pagamentos em estabelecimentos comerciais ou transferências quando não tenha acesso à internet.

  A funcionalidade também pode democratizar ainda mais o acesso dos brasileiros aos meios de pagamento eletrônicos, já que muitas pessoas contam com um pacote de dados mais restrito. O detalhamento do modelo esteve em discussão no Fórum Pix e a expectativa é de que ele esteja à disposição dos usuários até o final desse ano.


Outro ponto é evoluções e novas funcionalidades a serem implementadas no Pix Cobrança, por meio do qual o usuário recebedor tem mais facilidade para gerenciar as cobranças relativas a pagamentos imediatos e com vencimento.

Vale lembrar que o Pix Cobrança para pagamentos imediatos já está disponível desde o lançamento do Pix, em novembro de 2020. Já a opção para pagamentos com vencimento, ou seja, aqueles realizados em uma data futura e sobre os quais podem incluir juros, multas, acréscimos, descontos e outros abatimentos, está em fase final de testes e poderá ser ofertada aos usuários finais a partir do próximo dia 14 de maio.

Outras funcionalidades associadas ao Pix Cobrança que estão em debate.

•Padronização de arquivo: o BC decidiu padronizar os arquivos de remessa e retorno que viabilizam transações em lote, como geração, alteração e cancelamento de das cobranças e verificação de pagamento, alteração e cancelamento das cobranças. As discussões serão conduzidas pelo BC, no Grupo de Trabalho de Padronizações e Requisitos Técnicos do Pix. Vale destacar que a integração via arquivo coexistirá com a API Pix, sendo que os arquivos atenderão principalmente casos de uso que não exigem instantaneidade, enquanto a API é mais voltada para os casos de uso que exigem a instantaneidade;

•Pix duplicata: com desenvolvimento ao longo deste ano e lançamento previsto para 2022, essa funcionalidade permitirá o pagamento nos casos em que uma cobrança Pix esteja atrelada a uma duplicata, viabilizando, inclusive, a antecipação de cobranças no Pix (de forma similar ao que ocorre na antecipação de recebíveis com cartões).

Saque por meio do Pix

As definições relacionadas à possibilidade de usar o Pix para fazer retirada de dinheiro em espécie evoluiu. O objetivo é aumentar a capilaridade de pontos de saque aos usuários finais, bem como melhorar as condições de oferta de saque pelas instituições, promovendo maior competição no sistema financeiro nacional.

O tema deve ser alvo de consulta pública. A princípio serão dois produtos distintos: um exclusivamente para saque e outro com o saque associado a uma compra. A previsão é de que o serviço entre em funcionamento no segundo semestre de 2021.

Fonte: Confidenza com informações do Banco Central
Telefone:
(54)3233.1187
Email:
confidenza@confidenza.com.br
Adicionar a favoritos
Confidenza Contabilidade - Todos os direitos reservados- Copiright 2011
desenvolvido por: